quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Unimed Paulistana, Vítima ou Vilã?


Alguém duvida de que somos de um país em que a alta carga de impostos provoca a sonegação?

Alguém duvida de que o sistema tributário do Brasil é injusto?

Alguém duvida de que a falta de clareza sobre o enquadramento de certas atividades na legislação fiscal/tributária, como por exemplo a própria atividade dos corretores, cause situações como esta vivida agora pela Unimed e, pior, como sempre, de forma retroativa?

O que dizer então da lei 9656/98, que depois de estabelecida, com custo formatado, recebeu tantas novas coberturas mas não na mesma igualdade de reajuste de preço?


Muito estranho a ANS intervir numa
operadora, sob alegação de uma dívida até hoje contestada e discutida judicialmente, quando o Estado ainda é o verdadeiro culpado pela situação que a saúde pública vive. Afinal é cômodo, transferir sua responsabilidade constitucional para a Saúde Complementar, cobrar tabelas absurdas do SUS, exigir reservas técnicas e ainda legislar em benefício próprio, efetuando cobranças de encargos que há dezenas de anos, nem sabe se deveria cobrar.

Por isso meu caro "anônimo", antes de postar uma notícia como esta, acho que você deveria conhecer não apenas o outro lado, mas zelar para que nosso mercado mereça o devido respeito do Estado e seus órgãos, pois às vezes o interesse é apenas desviar a atenção do foco principal, que é nosso direito constitucional à saúde ou então questões eleitorais e políticas, jogos do poder.

Se o Estado fosse tão bom como se insinua, com certeza, nem mercado suplementar haveria. Moderador, enviarei por email a posição da Unimed, pois acho justo conhecer toda a verdade.

Por: Sérgio Magalhães - Theo Corretora



COMENTÁRIO DO BLOG

Não! Nunca imaginamos que um dia estaríamos aqui a defender uma operadora. Mas, até certo ponto, é isso mesmo o que temos de fazer, diante do que tem ocorrido com a Unimed Paulistana, e faremos com qualquer uma sempre que for necessário.

O pertinente texto de Sérgio Magalhães, publicado originalmente nos comentários do post, que antecede a este, em resposta à participação de um anônimo, também nos comentários, não é de todo compartilhado com este Blog, mas, além de oportuno, vem, parcialmente, ao encontro da nossa opinião. E, por isso mesmo, o trouxemos para o espelho da página.

Analisemos, pois, à luz do Blog do Corretor:

Não acreditamos que a sonegação esteja vinculada a alta carga tributária. Primeiro por não ser o Brasil o vilão dos impostos. Existem países mais desenvolvidos em que a carga tributária é ainda maior e quem não paga vai para cadeia algemado e lá fica cumprindo o rigor da lei que, no Brasil, só existe para pretos e pobres.

A sonegação aqui se dá por uma questão cultural. Somos o país do "jeitinho", da "lei do Gerson". O Congresso Nacional, formado em sua grande maioria, por picaretas, é a nossa imagem refletida. Somos aquilo que lá está e que hipocritamente tanto repudiamos.

Somos, lamentavelmente, embriagados pelo leite que jorra das tetas das fantasiosas mães paulistanas de Kassab e por mentirosas propagandas que nos crucifica nos trilhos de fura-filas fantasmas.

Justo ou não o imposto deve ser pago. "A César o que é de César, a Deus o que é de Deus"!

Isso não quer dizer que devamos cruzar os braços e não clamar por mudanças, mas elas têm de vir junto com a mudança de comportamento de toda a sociedade. "Se queremos mudar o mundo, comecemos primeiro por mudar a nós mesmos", já dizia o pensador.

O caso da Unimed Paulistana, que se trata de bitributação, já foi explicado aqui e em alhures. O corretor bem informado sabe que esta é uma notícia requentada.

A suposta dívida, que está sendo contestada na Justiça pela Unimed, foi contraída na gestão anterior, e, se confirmada, pode ser paga em inúmeras parcelas. Isso não impede o funcionamento da operadora.


Todos esses loucos encontram, porém, outros loucos que os aplaudem; pois, quanto mais uma
coisa é contrária ao bom senso, mais ela atrai admiradores; o que há de pior é sempre o que agrada a maioria.
(Erasmo de Rotterndam - em Elogio da Loucura)


Mas, a imprensa precisa de notícias; de preferência, negativas. E o mercado, por outro lado, precisa da especulação. E assim caminha a humanidade(!).

Entendemos que a ANS está desempenhado o papel dela, como um juiz diante do código penal, desprovido de emoções. Se é justo ou injusto a Justiça julgará.

Desejamos a saúde financeira da Unimed Paulistana para que ela tenha a força necessária para pagar a nossa comissão.

E comissão sem redução!!

A propósito, a Unimed Paulistana, na busca pela transparência dos fatos, contratou a renomada Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE) da Universidade de São Paulo (USP), para apresentar [veja aqui na íntegra: Fipe.pdf 2.92 MB ] um Parecer Econômico Sobre Consequências de Perdas Causadas Por Eventos Extraordinários e Temporários, assinado pelos economistas e professores: Fenando B. Botelho e Solange M. G. Scorsatto.
O Estudo serve como uma pá de cal na especulação sobre o caso.

Por fim, entedemos também que não se trata de ser "cômodo" (para o governo) "transferir sua responsabilidade constitucional para a saúde suplementar", mas adminstrar da melhor forma possível (e a criação da ANS é uma tentativa) um modelo - aí, sim, injusto, que vem se arrastando há décadas e que não é fácil de mudar.

* * *




CORREIO ELETRÔNICO

Acho importante a divulgação no Blog do Corretor da nossa empresa, a Serra Corretora, que foi a revelação deste ano destacando-se entre as Corretoras de grande porte. Hoje temos campanhas diferentes a cada mês com corretores altamente qualificados. Contamos com aproximadamente 230 corretores ativos em nossa empresa e 70 de nossa força interna de vendas.

Se for possível a divulgação, desde já agradeço.

Ricardo Caldas

NOTA DO BLOG
Prezado Ricardo.
Tentamos publicar a sua campanha, mas infelizmente o aquivo que você nos enviou está formatado em blocos. Assim, ao copiar para salvar apenas uma parte da campanha é publicada. Caso tenha como alterar, estamos à sua disposição.





São Paulo, 28 de Setembro de 2009.

Aos Amigos do Blog do Corretor.


Como é bom saber que um movimento que no inicio chegou à margem do descrédito, como foi o do Blog do Corretor, chegou à margem do ridículo, encarado por alguns hipócritas de mercado, está crescendo e irá, se Deus quiser, crescer ainda mais. Com crônicas e noticias no único intuito de informar uma classe tão desinformada e desprotegida quanto a dos corretores de saúde.

Deixo aqui meu apoio e elogio aos idealizadores desta tão importante ferramenta; deixo aqui a autorização para divulgar este ou não. Chega dos homens de ternos e de gravatas, carros maravilhosos e salários altos se esconderem dentro de seus pobres orgulhos mentirosos.

Corretores, saibam que precisamos de vocês, precisamos de seus clientes, precisamos de sua arte de vender, PRECISAMOS DE VOCÊS!!

Atenciosamente,
Ricardo Rossi

Gerente Comercial
GreenLine Saúde.

NOTA DO BLOG
Ficamos tocados com as suas palavras, Ricardo Rossi.
Elas só vêm ratificar a admiração e o carinho que o Blog do Corrretor tem por você, como ser humano e como profissional.
Agradecemos, em nome de todos os corretores, a sua consideração pelo profissional de vendas.
E acrescentamos:
O Blog do Corretor informa, como você afirma, mas também é informado, pois abre um espaço democrático para que todos possam se expressar.





BOAS VINDAS
Mais um corretor se juntou aos membros do Blog, somando agora 63 seguidores.
Laerte, seja bem-vindo!

ENQUETE
Regiane Reis, gestora da Golden Cross, foi a mais recente havaliada pela enquete do Blog e a sua votação ficou assim:
Ótimo = 19%; Bom = 33%; Total = 52%
23% acham que Regiane deixa a desejar e 23% não têm opinião formada.


NA VANGUARDA

Do Advogado-Geral da União, José Antônio Dias Toffoli, indicado pelo presidente Lula para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF), em sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado:

- A homo-afetividade é fato da cultura humana, é fato social. Na hora de se cobrar imposto de renda do cidadão homossexual o Estado não trata ele de forma desigual. Na hora de exigir prestações para o Estado, ele não é discriminado.

- Na nossa concepção, entendo que há convicções divergentes, sou católico apostólico romano. Mas não posso, como agente do Estado, agir pelo que penso da minha fé, mas de acordo com a Constituição.

- Se há a vedação da discriminação na Constituição, eu entendo que esse fato social seja reconhecido pelo Estado, que não haja essa discriminação, que possam essas pessoas se libertar.


Esperamos que, em breve, saiam do armário todos os esqueletos do conservadorismo, da hipocrisia, do embuste, características dos reacionários, e os planos de saúde possam aceitar, no mesmo contrato, o titular mais o seu dependente do mesmo sexo.

Isto é uma questão de tempo.



***

24 comentários:

Anônimo disse...

Acho que o blog tá indo no caminho certo. É por aí mesmo. Até mesmo os corretores sacaneam a Unimed. E ela não merece. É uma empresa boa de trabalhar. So num pode diminuir a nossa comissão, senão agente vai cair matando.

Sérgio Magalhães - Theo Corretora disse...

Moderador, obrigado pela consideração da matéria.

De um modo geral, acho que como qualquer parceria decente, tanto temos de ser eficientes nas críticas quanto na defesa de nosso mercado.

Levamos muita paulada todo dia da mídia , do Judiciário ( mesmo com lei regendo o setor ) , do Estado mas acho que também temos de estar prontos a defender aquilo que realmente não é colocado com 100% de verdade, pois além de uma questão de sobrevivência, é também questão de moral.

Só com muita transparência é que realmente as coisas podem mudar e este blog também é uma realidade desses dias que algumas pessoas se recusam a reconhecer.

Grande abraço,

Anônimo disse...

Por favor moderador, só corrija o pretos e pobres, pois preto só se usa para pintar. Mas negro é o termo correto que respeitosamente usamos quando nos referimos a pessoas de etnia africana.
Muito obrigado pela reportagem, é muito bom saber que não somos só um pau pra bater nos grandes, mas que compreendemos que somos todos parceiros, e necessitamos aparar as arestas, e darmos as mãos.
Assim conseguimos quebrar as barreiras.
Pois como diz um filósofo.; A melhor arma na guerra é a paz!!!
Parabéns para todos....

Anônimo disse...

Anônimo, parabéns pela observação da distinção entre sobre preto e negro.

BLOG DO CORRETOR disse...

Prezado corretor anônimo.

Obrigado pela sua participação.

Seu texto, sucindo e bem redigido, somente enriquece o conteúdo desses comentários e revela o bom nível dos participantes.

Quanto ao uso, pelo Blog, do termo "preto", não foi por acaso.
Sabíamos que ia gerar polêmica.

Eu, particularmente, não vejo nenhuma diferença no adjetivo, exceto pela escrita.

A cor preta é cor! Não importa se de uma parede, de um carro ou de um indivíduo. O preconceito não está na fonética e nem na etimologia, mas na cabeça das pessoas.

Para ilustrar e auxiliar o meu ponto de vista, reocorro ao dicionário Michaelis:

PRETO:
Diz-se da cor mais escura entre todas; negro.
Diz-se dos objetos que têm essa cor (a rigor, no sentido físico, o preto é a ausência de cor, como o branco é o conjunto de todas as cores).
Diz-se das coisas que, embora não tenham essa cor, são mais escuras em relação às da mesma espécie.
Pertencente à raça negra.
Diz-se dessa raça.
Escuro, sombrio.
Em má situação; difícil, perigoso: A coisa está preta.
Tip Diz-se do material que, na impressão, apresenta traços relativamente grossos, carregados. sm
Indivíduo da raça negra.
Escravo preto.
A cor negra.
Roupa negra.

A cor dos indivíduos, porém, é apenas uma ilusão exterior. O que importa, e realmente tem valor, é a essência de cada ser humano, seja ele, branco, preto, amarelo, vermelho...

Aliás, o Caetano Veloso tem uma música (Podres Poderes) que usa o termo "preto" para designar o que você entende apenas como negro.

Abraços e mais uma vez obrigado pela sua participação.

Moderador

Anônimo disse...

DUAS SEMANAS. ESTE FOI O TEMPO QUE DUROU O AFASTAMENTO DA "CRIATURA".
HOJE ELA JÁ PODE SER VISTA CIRCULANDO NORMALMENTE ENTRE UMA SALA E OUTRA, EXIBINDO SUAS MANCHAS LÍVIDAS NAS PÁLPEBRAS INFERIORES/DESCONFIADA/SÉRIA...MAS CALMA ESTA "CRIATURA" EM BREVE VOLTARÁ A SER COMO ANTES, E MAIS UMA VEZ VEREMOS UM TRISTE EPISÓDIO ACABAR EM PIZZA. ALGUNS IRÃO DIZER "COITADINHA, VAMOS RELEVAR POIS A MUITTTTTOOOOOS ANOS ELA COLABORA COM NOSSO CRESCIMENTO", OUTROS "TOCA FOGO" NESTA CRIATURA.-ENFIM! N A D A M U D O U. O PIOR E QUE EU ACREDITEI...

Anônimo disse...

tolo!...não lembra da música: mesmo com tantos motivos para deixar tudo como esta.
espero que o colega tenha aprendido.
sou solidário a sua indignação.

Carla Peres disse...

Gente, num tô entendendo nada.
Mas respeito, pois se não estão sendo claros é porque estão sendo discretos e certamente algumas pessoas sabem do que vocês estão falando.

ah, e no caso do termo usado para definir a cor, concordo com o moderador. essa coisa de afro isso, afro aquilo, é somente para disfarçar um preconceito enrustido.

E parabéns, blog. adorei a matéria da unimed paulistana. é isso mesmo.
Falar mal qudo tem que falar e falar bem também.
Não vou durmir sem antese dar uma espiadinha no blog do corretor.

Anônimo disse...

Carla Peres se o blog é da casa do corretor eles devem estar falando de alguem de la.

Anônimo disse...

OLÁ ANONIMO, AQUI É OUTRO ANONIMO. ESTE ASSUNTO JÁ FOI RESOLVIDO E NÃO ACABOU EM PIZZA. CUIDADO PARA NÃO QUERER APAGAR INCENDIO COM QUEROSENE POIS VOCE PODE SE QUEIMAR. SUGIRO QUE VOCE FAÇA USO DA PALAVRA NESTE BLOG PARA COISAS IMPORTANTES.

Anônimo disse...

pior que essa pizza amoleceu na mussarela, passou pela portuguesa e terminou no nosso lombo "sem catupiry" áíííí!
vai feder a atum !!!

Sérgio Magalhães - Theo disse...

ANS está impedida de executar a direção fiscal

Data: 2/10/2009
Fonte: Valor Econômico


A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) está impedida de executar a direção fiscal (intervenção), anunciada no dia 21, na Unimed Paulistana. Três dias após a determinação da ANS, a cooperativa médica obteve uma liminar judicial proibindo a intervenção. A agência regulatória informa que ainda não recorreu da medida porque não recebeu a notificação da liminar.

SONIA MARI A LIMA disse...

PREZADOS PARCEIROS DE TRABALHO!
O MOTIVO DESTA, É AGRADECER E PARABENIZAR A ATUAÇÃO DA GERENTE DE VENDAS DA MEDCOMPANY,LIA FIGUEIROA,NUMA ATUAÇÃO DIFERENCIADA QUE TIVE COM UMA CLIENTE NO DECORRER DE SETEMBRO/2009.
A NOSSA ATIVIDADE DE CORRETOR É EXTREMAMENTE DESAMPARADA, NO QUE TANGE"APOIO AO CORRETOR"...SUPERVISORES E GERENTES, SÓ SERVEM PARA TE DAR TAPINHAS NAS COSTAS, QUANDO VOCÊ VENDE...MAS SURGIU UM PROBLEMINHA QUALQUER, O LEMA É:"SE VIRA"...ESTOU AQUI SÓ PARA RECEBER A COMISSÃO DAS VENDAS...
GENTE...JÁ FUI GERENTE DE VENDAS DURANTE 10 ANOS NA EDITORA TRÊS(REVISTA ISTO É) E, QUANDO O FUNCIONÁRIO TRAZIA O PROBLEMA, EU ASSUMIA UMA DAS MINHAS FUNÇÕES E, ACOMPANHAVA TODAS AS DIFICULDADES DO CLIENTE, BENEFICIANDO-O COM SOLUÇÕES!!!
ESTOU HÁ 7 ANOS NESTA ÁREA...FICO "ABSURDADA" DA FALTA DE PROFISSIONALISMO...
OS SRS. EMPRESÁRIOS DEVERIAM SELECIONAR MELHOR SEUS FUNCIONÁRIOS...ASSIM,TODOS NÓS TERÍAMOS UM MELHOR RESULTADO!!!
LIA FIGUEIROA,GERENTE DE VENDAS DA MEDCOMPANY,SAIBA O QUANTO ESTOU SENSIBILIZADA E AGRADECIDA PELO SEU EMPENHO E DEDICAÇÃO...DEMONSTRANDO, QUANDO APELEI SUA AJUDA...
DEIXO REGISTRADO O MEU MUITO OBRIGADO PELO APOIO DE SUA ATUAÇÃO"!!!

Anônimo disse...

COLEGA ANÔNIMO DA PIZZA, VC FOI ÓTIMO NO RESUMO DO TEMPERO...AGORA VC "COLEGA" DO INCÊNDIO REALMENTE NÃO DEVE SABER O QUE DIZ, OU TALVEZ TENHA RECEBIDO ALGUM "prémio" DA CRIATURA????DIGA QUAL FOI?????AGORA SE NÃO RECEBEU PRÉMIO INDEVIDO, SE NÃO FAZ PARTE DO CIRCULO PREJUDICADO...-LA VAI! CANTE COMIGO...PEGUE O SEU BANQUINHO E SAIA DE FININHO...LALALALALALA...AGORA CANCEI...FUIIIIIIIIII..

Anônimo disse...

calma,calma,calma...não adianta mais nada...o que foi feito...foi feito e PONTO. Se vai acabar ou se já acabou em pizza, tanto faz, não vai mudar nada mesmo. Vamos esquecer e tomar as devidos cuidados para não sermos feitos de BOBOS novamente. -Só isso!, a melhor resposta e vender,vender,vender,vender, e vender muito.Boas vendas a todos.

Anônimo disse...

Moderador e pessoas que tem esta mesma mesma idéia: Acho estranho vc. querer usar este termo com o único prazer de polemizar uma situação. Sendo justamente um assunto tão sensivel, eu sei que pré conceito está na cabeça de cada individuo e por entender e respeitar isso que não vou sair chamando ninguem de preto, ou um outro assunto tambem polêmico: viado ou sapatão, branquelo, gaguinho, paraiba ou baianinho, porque pré conceito está na cabeça de cada um.
o minimo que a sociedade conseguiu foi que as pessoas fossem chamadas como gostavam de ser chamadas.
E se somos a voz de um grupo devemos respeitar a todos, seje em etnia, grupo religioso, opção sexual,nacionalidade.
Usar esta situação apenas para polemizar, é ainda mais desrespeitoso, achei que era apenas um equivoco, mas me entristece sabeer que me enganei, pois sou visitante assiduo deste blog, e tento contribuir na medida do possivel com este grupo de pessoas que já sofre acharques préconceituosos das pessoas em geral, e não esperava ver isso neste veiculo.

anonimo terceiro disse...

Olá anonimo segundo, aqui é o terceiro.
Pelo que percebeu, o anônimo primeiro não quer apagar fogo nenhum, até mesmo porque pessoas tiveram seu trabalho prejudicado por conta doque acontecia devida as ordens desta personagem que só é "persona grata" pelas pessoas que ela com sua intransigência beneficiou, as pessoas que tiveram seu trabalho prejudicado, atrasado, ou foi ofendido, não vão querer apagar fogo nenhum, alías: Só quer apagar este incêndio quem se beneficiou, ou quem acredita que isto vai acabar com a resiguinação da personagem.

taty disse...

Gostaria de informar a todos os corretores que ainda me procuram, que não estou mais na Serma desde Junho e na Mecompany, onde inaugurei a filial do ABC.Caso queiram entrar em contato favor mandar e-mail para tatiana.vaz@globomail.com,onde poderei dar mais detalhes.

Fico muito grata à todos aqueles companheiros que um dia me deram uma força imensa na Serma quando era gerente.

Obrigada pelo apoio.

Tatiana Vaz

O PROPRIETÁRIO disse...

Muito bom ver corretor perdendo tempo com idiotices.
Posso relaxar, curtir meu vitalício, pegar minha ajuda de custo, atrasar listagem, culpar a operadora, descontar 8,5%, pegar meus filhos no Archi, minha esposa Runner, minha amante no AP da 9 de julho e curtir o fim do dia no Bar Brahma ou numa churras qualquer da vida.
Enquanto isso a boiada engorda, obediente e de cabeça baixa.

Waldik disse...

Uma mulher chamada Runner e um ap na 9 de julho, só não falou a altura desta avenida. cara vc é muito brega.

Anônimo disse...

Este vendedor / proprietário tem o simples intuito de colocar vendedor contra dono de corretora. antes que vc diga que sou dono de corretora já lhe respondo que NÃO.
Só acho muito simplória sua "psicologia de confronto" .
Corretor não é funcionário CLT podemos velejar ao sabor do vento ou criar raízes onde nos for conveniente . seja por puro comodismo, amizade, interesse, afinidade etc.
Dono de corretora também não tem autonomia para mudar o mundo dos planos de saúde. ou seja vc deve procurar uma corretora que lhe satisfaça ou faça como muitos trabalhe em casa.

O PROPRIETÁRIO disse...

zzz zzz zzzz zzz zzz
Acabei de acordar.
Amor me traga o café na cama.
Hoje, 11:14 AM, tenho de trabalhar sabe ?
Mas lá pelas 14:00 estou de volta para gente aproveitar a vida.

BLOG DO CORRETOR disse...

Proprietário.

Só não gostei da história (infeliz) da amante. No mais, é isso aí, estou com você; afinal, é para isso que estamos aqui: trabalhar, ser útil ao próximo, ser próspero e feliz.

Abraços,
Moderador

O PROPRIETÁRIO disse...

Cada um com seus "poblemas".